Notícias



» 28, julho de 2009 - Ventistamp Engenharia

Ventistamp engenharia de fundição fecha parceria com a Magma do Brasil


Cada vez mais se torna fundamental discutir, simultaneamente, as questões de areia (macharia e moldagem) e de metal (processo de enchimento e solidificação) num projeto de desenvolvimento de peças fundidas.

É muito comum as fundições priorizarem ações que otimizem as características críticas de um fundido referentes às questões metalúrgicas, deixando, para um segundo plano, aquilo que pode ser feito como “possível” na fabricação dos machos ou moldes em Cold Box. E os resultados desse procedimento são peças/árvores com rendimentos metalúrgicos em condições ótimas, mas com índices de refugos elevados por conta da baixa qualidade superficial dos machos ou moldes, uma vez que as dificuldades de compactação da areia não foram levadas em consideração durante o projeto de processo.

Por outro lado, otimizar os aspectos da areia, sobretudo a relação areia/metal, projetando machos ou moldes com alívio e parametrizados adequadamente (processo de sopro, gasagem e ventilação), pode implicar numa produção com fundidos apresentando refugos provenientes de rechupes, porosidades e propriedades mecânicas não-conformes.

“Entendemos que, em vários projetos, fomos obrigados a estudar com muita atenção as questões de alimentação e canais de enchimento, mesmo que tivéssemos sido contratados para desenvolver machos e moldes com suas respectivas qualidades de compactação, considerando que nossa maior competência esteja voltada para o processo Cold Box”, exemplificou Amarildo Alvizi, Diretor Técnico, justificando, ao mesmo tempo, a base motivacional que levou a Ventistamp efetivar uma parceria com a Magma do Brasil.

Hoje, quando as fundições demandarem soluções completas para desenvolvimento de seus fundidos, exigindo estudos que envolvam não apenas questões referentes à areia (sistema aglomerante em Cold Box), mas também às características críticas do metal, poderão contar com a sinergia construída pela parceria entre Ventistamp Engenharia de Fundição e Magma do Brasil.

Será feita uma análise minuciosa de todos os pontos que envolvam a areia e o metal para desenvolvimento de um fundido. E esse trabalho inicia-se com os estudos de moldagem, projeto de processo, simulação de solidificação, projeto de canalização e alimentação, análise de compactação da areia, passando pelo acompanhamento técnico durante a produção dos machos ou moldes, e se estendendo até as etapas de vazamento e análise dos fundidos, considerando que a Magma também estará presente em todas as etapas do desenvolvimento.

Vale salientar que os benefícios dessa parceria não se resumem somente aos aspectos técnicos – otimização do processo de macharia/moldagem em Cold Box e da qualidade do fundido - mas também à redução dos custos finais do processo de desenvolvimento, que é alcançada através da diminuição dos seguintes pontos: número de try out para aprovação dos lotes pilotos (macharia, moldagem e fusão/vazamento); consumo dos materiais empregados (areia, resina, catalisador, metal, etc.); número de retrabalhos para atingir qualidade exigida (caixa de macho/molde, canalização, rebarbação,etc.); e, finalmente, o tempo total aplicado em todo o processo.

» 28, julho de 2009 - Ventistamp Engenharia

Ventistamp engenharia de fundição fecha parceria com a Magma do Brasil

Cada vez mais se torna fundamental discutir, simultaneamente, as questões de areia (macharia e moldagem) e de metal (processo de enchimento e solidificação) num...



» 21, julho de 2009 - Ventistamp Metalúrgica

Projeto Centauro - Um novo conceito de tecnologia da informação para gestão técnica da macharia e parametrização de projeto

Está nascendo um novo conceito de Gestão Técnica da Macharia e Moldagem em Cold Box baseado numa exclusiva ferramenta de controle de processo e de parametrizaçã...

 

Cadastre-se e fique por dentro das novidades do Grupo

E-mail

 

Acesse a Central de Downloads

Copyright 2021 © Grupo Ventistamp - Todos os direitos reservados